Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Emprego público registou em 2019 o maior aumento desde a crise

O emprego público subiu 2,2% no último trimestre de 2019, ultrapassando os 698 mil trabalhadores. Este é o aumento mais expressivo desde a crise, mas, ainda assim, o número de trabalhadores das Administrações Públicas continua a ser inferior ao registado no mesmo período de 2011.

Duarte Roriz
Susana Paula susanapaula@negocios.pt 14 de Fevereiro de 2020 às 18:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
O número de trabalhadores das Administrações Públicas cresceu 2,2% no ano passado, o aumento anual mais elevado desde 2011, segundo os dados da Síntese Estatística do Emprego Público (SIEP), divulgada esta sexta-feira, 14 de fevereiro.

No final de 2019 existiam 698.522 trabalhadores das Administrações Públicas (que inclui o Estado, mas também as empresas públicas e os municípios), mais 15.305 do que no ano anterior. O emprego público tem vindo a crescer todos os anos desde 2015, mas este aumento é o maior desde então. 

Ainda assim, o número de trabalhadores públicos continua abaixo do verificado em 2011. Segundo o SIEP, no final de 2019 continuam a existir menos 29.263 trabalhadores (ou 4%) do que os que existiam em dezembro de 2011.

Remunerações crescem 2,4%

De acordo com os dados do SIEP, os ganhos destes trabalhadores (que incluem, além das remunerações base, outros elementos como subsídios e pagamentos de horas extraordinárias) subiram 2,4% para 1.760 euros.

Os dados divulgados agora referem-se a outubro e são os mais recentes. Comparando com o mesmo mês de 2018, os ganhos médios mensais aumentaram 41,1 euros.

Ver comentários
Saber mais Administrações Públicas Síntese Estatística do Emprego Público SIEP trabalho economia negócios e finanças salários e pensões
Mais lidas
Outras Notícias