Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresas de "private equity" norte-americanas sob investigação por fuga aos impostos

Empresas investigadas incluem a Bain Capital que era liderada por Mitt Romney, candidato à presidência dos EUA, contra Obama.

Negócios 03 de Setembro de 2012 às 11:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
Algumas das maiores empresas mundiais de fundos de acções estão sob investigação depois de suspeitas levantadas sobre possíveis fugas aos impostos, de acordo com o “Financial Times”.

Apollo Group e KKR são duas das empresas que Eric Schneiderman, procurador-geral de Nova Iorque, está a investigar assim como a Bain Capital, empresa que foi liderada por Mitt Romney.Romney concorre agora à Casa Branca pelo partido republicano.

A divulgação desta investigação chega numa altura que Barack Obama já tinha criticado o mandato de Romney à frente da Bain Capital.

Numa altura crucial das eleições, agendadas para Novembro, os democratas estão a aproveitar esta situação para questionar todo o trabalho de Romney à frente da empresa de fundos de acções, enquanto os republicanos aproveitam esta situação para mostrar que o candidato tem experiência e pode reabilitar a economia.

As empresas estão sob investigação devido à estratégia “fee-waiver”, mediante a qual os executivos investem honorários administrativos pagos pelos investidores em fundos de investimento. O lucro conseguido era sujeito a uma taxa de imposto “muito mais baixa”, persistindo um debate sobre se esta estratégia é ilegal, ou apenas agressiva.

“Isto é descaradamente político, mas iria acontecer e estou espantado que não tenha acontecido mais cedo” disse um executivo de uma das empresas ao “Financial Times” ,“[Romney] tem o direito à privacidade mas não tem o direito de ser presidente. Se a Bain e Romney retiraram para eles dezenas de milhares de dólares em impostos, é expectável que isso seja examinado.”

Ver comentários
Saber mais Empresas investigação impostos
Outras Notícias