Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Englobar as rendas ou pagar 28%? É preciso fazer contas

O que compensa mais: englobar as rendas ou pagar a taxa especial de 28%? Depende do nível de rendimento e da sua composição, mostram algumas simulações indicativas feitas pela PwC .

Bruno Simão/Negócios
Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2014 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Deste ano em diante, quem tem rendimentos prediais terá de avaliar o quadro que é mais favorável. Se decidir ficar-se pela taxa especial de 28%, tal significa que as rendas recebidas, deduzidas do IMI pago e das despesas de manutenção do edifício, pagarão uma taxa de IRS de 28%. Se optar pelo englobamento, as rendas são somadas aos restantes rendimentos (pensões, salários entre outros) e pagam IRS pela tabela de taxas gerais.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais rendas IRS taxa especial
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias