Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EPUL pagou 1,3 milhões a mais ao Benfica

A Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL) pagou mais 1,3 milhões de euros ao Sport Liboa e Benfica pelos ramais de ligação ao novo estádio do clube de futebol. A informação enviada à Procuradoria-Geral da República revela "indícios da eventual prática de ilícitos criminais" em relação a este processo.

Negócios negocios@negocios.pt 26 de Dezembro de 2008 às 08:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
A Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL) pagou mais 1,3 milhões de euros ao Sport Liboa e Benfica pelos ramais de ligação ao novo estádio do clube de futebol. A informação enviada à Procuradoria-Geral da República revela “indícios da eventual prática de ilícitos criminais” em relação a este processo.

A informação é avançada hoje pelo “Correio da Manhã” que revela que a EPUL enviou ao procurador-geral da República, Pinto Monteiro, o relatório do inquérito sobre “as facturas relativas à conclusão de ramais de ligação às infra-estruturas de subsolo para o novo estádio do Sport Lisboa e Benfica”.

O jornal, que teve acesso ao inquérito, adianta que o documento entregue pela EPUL revela “indícios da eventual prática de ilícitos criminais” relacionados com o pagamento ao Benfica.

No total foram pagos 8,1 milhões de euros pelas obras de ligação ao novo estádio, quando no contrato consta cerca de 6,8 milhões de euros, ou seja, mais 1,3 milhões de euros do que o contratado.

Ver comentários
Outras Notícias