Economia Espanha recebe 629 migrantes rejeitados por Itália e Malta

Espanha recebe 629 migrantes rejeitados por Itália e Malta

A embarcação provocou conflito entre Itália e Malta. Pedro Sánchez, o primeiro-ministro espanhol, anunciou a decisão.
Espanha recebe 629 migrantes rejeitados por Itália e Malta
Reuters
Negócios 11 de junho de 2018 às 15:27
Pedro Sánchez, o primeiro-ministro espanhol, deu instruções para que Valência acolha o barco Aquarius, que tem 629 migrantes a bordo. A notícia é avançada pelo jornal El Mundo e Sánchez terá comunicado a intenção à ONU, como escreve a Sábado.

Itália recusou no domingo autorizar o navio Aquarius, da organização não-governamental (ONG) francesa SOS Mediterranée, a desembarcar num porto italiano (Reggio Calabria) os migrantes, resgatados do mar em várias operações durante o dia de sábado.

Por ordem das autoridades italianas, o navio mantinha-se em alto mar, a 35 milhas de Itália e a 27 milhas de Malta, segundo a SOS Mediterranée.

Itália defendia que devia ser Malta a acolher os migrantes, entre os quais há 123 menores, mas Malta sustenta que a responsabilidade é de Itália porque as operações de salvamento dos migrantes ocorreram numa zona marítima coordenada por Roma.





Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI