Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Espanha baixa juros em emissão de dívida de curto prazo

O Tesouro espanhol financiou-se em 5,5 mil milhões de euros através de duas linhas de curto prazo. Foi possível pagar juros mais baixos, na primeira operação no mercado desde a cimeira europeia da última sexta-feira.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 15 de Março de 2011 às 10:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O país vizinho pagou esta manhã juros mais baixos para se financiar no curto prazo, dias depois da cimeira europeia em que os líderes europeus deram os primeiros passos na reformulação dos mecanismos de ajuda financeira.

Com a emissão de “letras” a 12 e a 18 meses, o Estado espanhol financiou-se em 5,501 mil milhões de euros. No prazo mais curto, Espanha aceitou pagar uma taxa implícita de 2,128%, ao passo que no prazo mais longo, o juro foi de 2,436%.

Ambos os valores ficaram abaixo das anteriores emissões comparáveis, o que demonstra que os resultados da cimeira europeia foram suficientes para compensar o efeito da aversão ao risco criada pelo sismo no Japão e o facto de o BCE estar ausente do mercado de dívida nas últimas duas semanas.

A procura superou em 2,37 vezes a oferta no prazo mais curto e 3,51 no prazo a 18 meses.

Também Portugal vai esta semana ao mercado emitir dívida de curto prazo. O IGCP vai amanhã colocar no mercado até mil milhões de euros em bilhetes do Tesouro a 12 meses.

Ver comentários
Saber mais Espanha Tesoro dívida juros leilão yield obrigações
Mais lidas
Outras Notícias