Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Estado não conta receber dividendos do Banco de Portugal e da CGD

O Estado não prevê receber quaisquer dividendos no próximo ano quer da Caixa Geral de Depósitos (CGD) quer do Banco de Portugal, confirmou à agência Lusa o Ministério das Finanças.

Lusa 19 de Outubro de 2011 às 14:00
Na proposta do Orçamento do Estado para 2012, que foi entregue na Assembleia da República na segunda-feira, não constam quaisquer dividendos de sociedades financeiras, isto é, do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Depósitos.

Em declarações à Lusa, o ministério liderado por Vítor Gaspar confirmou que essa entrega de proveitos "não consta da proposta de Orçamento do Estado porque não está prevista a distribuição de dividendos". Já este ano, o banco público não entregou dividendos.

"O recebimento de dividendos por parte do Estado no primeiro semestre foi de cerca de 180 milhões de euros, bastante inferior ao valor orçamentado para o ano (cerca de 400 milhões de euros), refletindo, em particular, a decisão de não distribuição de dividendos por parte da CGD", afirma o relatório da proposta do Orçamento do Estado para 2012.

Ver comentários
Saber mais Estado dividendos Orçamento
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio