África EUA avisam Angola e Moçambique sobre ligações à Coreia do Norte

EUA avisam Angola e Moçambique sobre ligações à Coreia do Norte

Os Estados Unidos estão a aumentar a pressão sobre os países africanos que têm ligações militares e diplomáticas com a Coreia do Norte, para tentar limitar o financiamento internacional do programa nuclear deste país asiático.
EUA avisam Angola e Moçambique sobre ligações à Coreia do Norte
Lusa 29 de janeiro de 2018 às 17:24

De acordo com a edição de hoje do Financial Times, as autoridades norte-americanas querem que os países africanos expulsem os trabalhadores e diplomatas coreanos, alegando que as 13 embaixadas de Pyongang no continente são, na verdade, "máquinas de fazer dinheiro".

 

Washington diz que a Coreia do Norte, que está a tentar desenvolver mísseis nucleares com capacidade para atingir cidades nos Estados Unidos, está a usar a cooperação militar e negócios de armamento com Estados africanos para obter moeda estrangeira.

 

Os Estados Unidos acusam também vários dos milhares de norte-coreanos a viver em África, incluindo diplomatas, de tráfico de partes de animais selvagens, como cornos de rinocerontes e outras fontes fáceis de moeda estrangeira.

 

Pelas contas norte-americanas, Pyongyang fez pelo menos 100 milhões de dólares (cerca de 80 milhões de euros) através da venda de armas, treino militar, contratos de construção e contrabando.

 

O valor, disse o chefe do Centro Africano no Conselho Atlântico, em Washington, pode parecer "trocos", mas é "bastante significativo para o regime dados os constrangimentos das suas finanças".

 

De acordo com o FT, que lembra a existência de uma avenida em Maputo com o nome de Kim Il Sung, o fundador da Coreia do Norte, "vários Estados africanos, incluindo Angola, Moçambique e o Zimbabué, têm mantido ligações próximas com a Coreia do Norte desde a 'guerra fria', quando Pyongyang ofereceu apoio material e ideológico aos movimentos de libertação".




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 29.01.2018

Imparsa meu amigo criador de touros?
logo 3000 contos de perda, que a 20 anos era muito dinheiro.
eu se calhar também vou me filiar na social democracia, a direita e mesmo bom.
a esquerda são uns trastes que não gostam de capitais, sacanas.
mas é verdade que voçe queimava o seu ordenado de advogado na bolsa?
se calhar também no casino da figueira da foz não?
espero agora é que recupere bem no bcp, que se recuperar, eu também farei uma boa nota, porque tenho muitas do bcp, mas recentes.
depois vamos os dois dar um abraço ao dr, Amado.

Anónimo 29.01.2018

Existe uma avenida 'Kim Il Sung' em Maputo? Invadam-nos ja e mudem o nome para 'Herois do Vietname do Sul'
Por falar em negocios com a Coreia do Norte ... E que tal dizerem ao Mundo (aquilo que sabem) das Vossas marionetas de Kiev?... Podiam comecar por ai, por exemplo.

Anónimo 29.01.2018

Angola a seguir maus caminhos e os seus governantes a terem medo do povo.

fcj 29.01.2018

A grande China é que controla o Pessoal! Daí nos próximos tempos (se já não aconteceu...) tomar as rédeas do mundo! Alguém no seu normal juízo (como dizia o meu avô Inocêncio) tem dúvidas?

pub