Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro atinge novo máximo acima dos 1,26 dólares (act2)

O euro atingiu um novo máximo contra a nota verde, superando pela primeira vez a barreira dos 1,26 dólares, devido ao facto das taxas de juros nos EUA se encontrarem baixas e por causa de sinais de que nem o BCE nem a Fed estão preocupados com a sua varia

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 31 de Dezembro de 2003 às 15:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
(actualiza com novo máximo do euro após divulgação dos dados do emprego nos EUA)

O euro atingiu um novo máximo contra a nota verde, superando pela primeira vez a barreira dos 1,26 dólares, devido ao facto das taxas de juros nos EUA se encontrarem baixas e por causa de sinais de que nem o Banco Central Europeu (BCE) nem a Reserva Federal estão preocupados com a sua variação. Mesmo após a divulgação de dados do mercado de trabalho, o euro continuou a subir.

A Reserva Federal tem afirmado que não se irá precipitar para elevar a sua principal taxa de juro, que se encontra actualmente em 1%. No BCE, onde o preço do dinheiro se situa nos 2%, o presidente Jean-Claude Trichet tem afirmado que não se opõe a um euro forte. O secretário de Estado do Tesouro, John Snow, descreveu recentemente a queda do dólar como “ordeira”.

A divisa americana caiu 20% contra o euro este ano e cada euro [EUR] comprava, às 15h30 de Lisboa, 1,2649 dólares, a que correspondia uma subida de 0,77%.

Nem mesmo os dados revelados pelo Departamento do Trabalho às 15h30, que davam conta de uma queda do pedido de subsídios de desemprego nos EUA para o valor mais baixo dos últimos três anos, foi suficiente para travar a escalada do euro contra o dólar.

”A menos que a Fed comece a sugerir que vai elevar os juros, haverá poucas razões para comprar dólares”, afirmou à Bloomberg Monica Fan, uma estratega de divisas no Royal Bank of Canada.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias