Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro sobe com receios de abrandamento económico nos EUA

A moeda única europeia seguia a valorizar face ao dólar aproximando-se do valor máximo de duas semanas , antes da divulgação do índice de produção industrial nos EUA, perante receios de que o crescimento económico norte-americano está a abrandar.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 01 de Setembro de 2005 às 11:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A moeda única europeia seguia a valorizar face ao dólar aproximando-se do valor máximo de duas semanas , antes da divulgação do índice de produção industrial nos EUA, perante receios de que o crescimento económico norte-americano está a abrandar.

Contra a moeda norte-americana, o euro avançava 0,18% para os 1,2369 dólares depois de ter subido até 0,27% para o valor mais elevado desde dia 19 de Agosto, nos 1,2379 dólares.

A moeda única europeia subiu ontem mais de 1% depois de ter sido divulgado que o índice de actividade industrial da região de Chicago caiu no mês de Agosto, indicando uma contracção do sector. O indicador desceu dos 63,5 pontos em Julho para os 49,2 em Agosto, quando os analistas consultados pela Bloomberg esperavam que recuasse para os 61,0 pontos.

Quando este indicador está acima dos 50 pontos significa um aumento da actividade industrial, abaixo sinaliza uma contracção.

O abrandamento na actividade industrial de Chicago está a causar receios de que os valores recorde do petróleo estejam a condicionar o crescimento da economia americana e que impeça a Reserva Federal de aumentar as taxas de juro.

O Departamento do Comércio dos Estados Unidos também reviu ontem em baixa o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste período, apontando agora para um crescimento de 3,3%.

Outras Notícias