Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ex-secretário de Estado suspeito de receber avença por favores a empresário

Almeida Henriques, antigo secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento, está a ser investigado por suspeitas de receber avença em troca de favores a empresário, segundo o Jornal de Notícias.

Negócios 11 de Dezembro de 2019 às 10:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Ministério Público está a investigar o antigo secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento e atual autarca de Viseu, Almeida Henriques, por suspeitas de ter recebido uma avença em troca de favores ao empresário José Agostinho Simões, detentor da marca Tomi e acusado no processo do Turismo do Porto e Norte de Portugal, segundo o Jornal de Notícias.

O mesmo jornal detalha que o político terá recebido cerca de 120 mil euros, através de uma empresa tida como "testa de ferro", por alegados serviços prestados enquanto esteve no Governo e no Parlamento.

Segundo informações recolhidas pelo Jornal de Notícias, o Ministério Público acredita que esta situação começou em 2010, data a partir da qual Almeida Henriques terá alegadamente começado a receber uma avença mensal de 1.200 euros paga através de uma empresa chamada QI Consultoria Empresarial, que o então deputado à data deixou de gerir no ano seguinte, passando a gestão para a sua mulher. 

A Policia Judiciária está agora a verificar se esta empresa foi criada com o objetivo de realizar os pagamentos feitos pelo empresário José Agostinho Simões.

Ver comentários
Saber mais Ministério Público Almeida Henriques José Agostinho Simões
Mais lidas
Outras Notícias