Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ex-ministro das Finanças grego nega que tenha manipulado a lista Lagarde

George Papaconstantinou foi ouvido esta manhã em Tribunal. É acusado de ter manipulado a lista de clientes do HSBC, retirando nomes de três familiares. O ex-ministro das Finanças nega as acusações.

Bloomberg
Negócios 25 de Fevereiro de 2015 às 10:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O antigo ministro das Finanças Grego, George Papaconstantinou, negou esta quarta-feira em Tribunal que tenha retirado nomes de três parentes seus da lista das contas no HSBC, a chamada "lista Lagarde", que envolve cerca de duas mil pessoas em suspeitas de fraude fiscal, revelam as agências internacionais.

 

O ex-ministro é acusado do crime de manipulação do documento e de violação do princípio de boa fé, que podem levar a penas de prisão por ofensas ao Estado, agravada nos termos da legislação grega.

 

Papaconstantinou foi ministro das Finanças entre 2009 e 2011, no período em que a Grécia assinou o primeiro programa de ajustamento.

 

O extracto da lista com cerca de 2.000 detentores de contas da filial suiça do HSBC foi divulgada pelo antigo empregado do banco Herve Falciani e foi baptizada "lista Lagarde" por ter sido enviada pela então ministra das Finanças francesa, Chirstine Lagarde, ao ministro das Finanças grego, em 2010.  

Ver comentários
Saber mais HSBC Fraude Fiscal Grécia
Mais lidas
Outras Notícias