Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Excedente da UE com os EUA cresce para mais de 10 mil milhões de euros em Janeiro

O excedente comercial da União Europeia com os Estados Unidos ultrapassou os 10 mil milhões de euros no primeiro mês do ano. Estes dados são conhecidos numa altura em que o mundo sabe que Washington se prepara para aplicar medidas comerciais proteccionistas.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 19 de Março de 2018 às 14:26
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O excedente comercial da União Europeia com os Estados Unidos cresceu de 9,7 mil milhões de euros em Janeiro do ano passado para 10,3 mil milhões de euros no primeiro mês deste ano, de acordo com os dados publicados esta manhã pelo Eurostat.

As exportações da União a 28 para os Estados Unidos cresceram 5,3% para 31,7 mil milhões de euros. E as importações americanas para a Europa subiram 4,9% para 21,4 mil milhões de euros no primeiro mês do ano, o que se traduz num excedente de 10,3 mil milhões de euros.

Apesar de os Estados Unidos estarem a preparar-se para a aplicar medidas comerciais proteccionistas, a verdade é que em Janeiro essas medidas ainda não eram conhecidas.

No início de Março, a administração Trump anunciou que ia aplicar taxas alfandegárias sobre as importações de aço e alumínio. Estas tarifas devem afectar várias economias mundiais, como é o caso da China e da União Europeia.

Se aos vizinhos México e Canadá, os Estados Unidos concederam uma isenção – pelo menos enquanto durar a renegociação do NAFTA – a verdade é que outros países querem também uma excepção ao pagamento destes impostos para a entrada dos seus produtos. E no caso da União Europeia, e segundo notícias publicadas no final da semana passada, Bruxelas já conhecerá a lista de condições que terá de seguir para que Washington não cobre tarifas aos seus produtos.

Além destas tarifas, Donald Trump pode estar a estudar a possibilidade de aplicar mais taxas. Desta vez, em específico à China.

Os dados Eurostat indicam que a União Europeia registou em Janeiro um défice de 20,5 mil milhões de euros em relação à China. As exportações europeias no primeiro mês do ano para a segunda maior economia do mundo cresceram 14,3% para 16 mil milhões de euros. As importações de bens chineses para a UE aumentaram 9,3% para 36,5 mil milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais EUA União Europeia excedente comercial Janeiro
Outras Notícias