Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Falhar a meta de 3% trama flexibilidade orçamental

Tanto a coligação PSD/PP como o PS querem mais flexibilidade nas metas orçamentais no próximo ano. Mas tudo fica mais difícil se o país falhar o limite de 3% de défice.

Reuters
Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 23 de Setembro de 2015 às 21:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Tanto o Governo como o PS querem aproveitar em 2015 a flexibilidade orçamental que passou a ser admitida no início do ano pela Comissão Europeia, liderada por Jean-Claude Juncker. No entanto, para o conseguirem, será importante que Portugal feche 2014 com um défice inferior a 3% do PIB. Com esse resultado o país saíria do procedimento por défices excessivos (PDE) que se estende desde 2009, permitindo-lhe beneficiar de regras mais favorá...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Governo PS Comissão Europeia Jean-Claude Juncker Portugal
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias