Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

F&C prevê corte de 100 pontos base nos juros do BCE

O Banco Central Europeu (BCE) deverá cortar a taxa de juro de referência na Zona Euro em 1 ponto percentual, segundo o F&C Asset Managenet. Caso a autoridade monetária adopte esta medida, será a primeira vez na sua história e levaria os juros para o valor mais baixo de sempre.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 03 de Março de 2009 às 09:44
O Banco Central Europeu (BCE) deverá cortar a taxa de juro de referência na Zona Euro em 1 ponto percentual, segundo o F&C Asset Managenet. Caso a autoridade monetária adopte esta medida, será a primeira vez na sua história e levaria os juros para o valor mais baixo de sempre.

As estimativas do F&C Asset Management, gestora de activos britânica que tem como clientes o Millennium bcp, mostram que o BCE, deverá cortar a taxa de juro em 100 pontos base, o que seria o maior corte de juro de sempre, segundo refere a Bloomberg.

A medida levaria a que os juros se situassem nos 1%, o que seria também um valor mínimo para os juros da autoridade monetária.

“Existe um problema severo na Zona Euro”, afirmou Michiel de Bruin, chefe da divisão de obrigações governamentais europeias do F&C Asset Management citado pela Bloomberg.

“Eu acredito que o BCE precisa de fazer uma maior afirmação. Desde a última reunião, o mercado accionista afundou ainda mais, o cenário para as despesas no consumo é fraco”, acrescentou.

Estas estimativas contrastam com as dos analistas contactados pela agência noticiosa norte-americana, uma vez que estes esperam uma redução de 50 pontos base, o que levaria os juros dos actuais 2% para os 1,5%.

Os cortes de juros da autoridade monetária surgem numa tentativa de estimular a economia da região. Segundo a Comissão Europeia, a Zona Euro deverá contrair 1,9% em 2009, depois de ter recuado 1,5% no último trimestre de 2008.

Desde Outubro até à reunião de Janeiro a autoridade monetária da Zona Euro cortou os juros na região dos 4,25% para os actuais 2%. Em Fevereiro os membros do BCE apenas discutiram e avaliaram as condições económicas revelando que a reunião que se vai realizar na próxima quinta-feira, dia 5 de Março, seria a que assumiria uma maior importância em termos de política monetária.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio