Política Fernando Negrão pediu desculpa aos deputados do PSD por excessos de linguagem

Fernando Negrão pediu desculpa aos deputados do PSD por excessos de linguagem

O próprio Fernando Negrão confirmou, em declarações aos jornalistas, ter pedido desculpas após a reunião da bancada em foi feita "uma espécie de catarse" do que aconteceu com a sua eleição
Fernando Negrão pediu desculpa aos deputados do PSD por excessos de linguagem
Lusa 01 de março de 2018 às 14:37

O líder parlamentar do PSD pediu hoje desculpas aos deputados por "algum excesso de linguagem" antes e depois da eleição da direcção da bancada e disse acreditar que "os problemas" internos "estão resolvidos".

 

O próprio Fernando Negrão confirmou, em declarações aos jornalistas, ter pedido desculpas após a reunião da bancada em foi feita "uma espécie de catarse" do que aconteceu com a sua eleição (realizada há uma semana), com 35 votos a favor, 32 brancos e 21 nulos, e em que admitiu existir "um problema ético" entre os deputados.

 

"Foi uma discussão mútua, em que todos fizemos uma espécie de catarse dos problemas que ocorreram. Todos os problemas estão resolvidos entre todos", afirmou, citado pela Lusa.

 

Negrão admitiu "algum exagero" de linguagem, escusando-se a dizer em que exagerou, se foi, por exemplo, quando admitiu problemas éticos na bancada face à possibilidade de nem todos os deputados da sua lista terem votado em si.

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 05.03.2018

Uma estreia destas em qualquer outro partido era tema de capa de abertura dos pasquins direitolos... mas como é o Partido Sem Destino assobia-se e olha-se para o lado... ainda bem que a pluralidade jornalística desapareceu do Obliterador...

Fpublico condenado a 48 anos trabalho/descontos 01.03.2018

ó camponio !!!

analise mais que analisada. e parece que "ela" trabalha"deitada....

os deputados estão la, pq ha 6 milhões de totos a votar...

Anónimo 01.03.2018

A sua estreia foi medíocre, o tema já está ultrapassado e no entanto na sua reduzida capacidade intelectual foi buscar um tema sem grande impacto, o homem até é capaz fazer o papel de lacaio só para continuar na bancada como líder.
Nota : Sou PSD mas não sou parvo.

Camponio da beira 01.03.2018

Um deputado conheceu uma acompanhante de luxo, ela com tudo no sitio e sabida deu-lhe a volta para casarem.E diz-lhe olha, tu deputado, eu deputedo, dinheiro não nos vai faltar.

Saber mais e Alertas
pub