Ajuda Externa Ferreira Leite: “Não consigo perceber onde está o sucesso?!”

Ferreira Leite: “Não consigo perceber onde está o sucesso?!”

Após a destruição provocada pelo programa de ajustamento não há outro caminho que não crescer. É uma situação semelhante a um pós-guerra, diz a ex-ministra das Finanças, para quem Portugal não cresce o suficiente para pagar aos credores.
Ferreira Leite: “Não consigo perceber onde está o sucesso?!”
Pedro Elias/Negócios
Negócios 13 de dezembro de 2013 às 10:18

Manuela Ferreira Leite não consegue vislumbrar sinais de sucesso no ajustamento português e diz que Portugal só não enfrenta uma fúria maior dos mercados porque os governos europeus sinalizaram que estão dispostos a salvar o euro.


“Não consigo perceber onde está o sucesso?! Porque o sucesso não é porque se tenham atingindo os objectivos, nem porque as consequências deste sucesso não tenham sido absolutamente trágicas”, afirmou a ex-ministra das Finanças no seu comentário semanal na TVI na quinta à noite.

 

A taxa de desemprego “é melhor nem falar dela”, o empobrecimento da população é “dramático”, e estamos a “crescer um bocadinho”, mas isso deve-se a um fenómeno semelhante ao que acontece nos pós-guerra, defendeu. “Quando há uma guerra morrem milhões de pessoas e destroem-se imensas coisas e depois não há outra consequência a não ser crescer”, afirmou. “A mim diz-me pouco que estejamos a crescer 0,1% ou 0,2% porque estou cá em baixo”, acrescentou.

 

Para a ex-ministra das Finanças, “estamos a beneficiar de medidas que foram tomadas a pensar em salvar um projecto muito mais importante, porque se fossemos só nós aqui sozinhos, como é que os mercados olhariam para nós hoje melhor do que há dois anos?”, perguntou, considerando que “estamos com um défice elevadíssimo e não sabemos quando é que o vamos resolver” e “com um crescimento que não permite aos credores pensar que nós vamos criar riqueza para lhes pagar”. A resposta para a ministra das Finanças está no apoio político europeu que sinalizou aos mercados que o projecto europeu e moeda única deverá resistir.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI