Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ferro Rodrigues: Estou disponível para me candidatar pelo PS e não me importa o lugar

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, afirmou esta sexta-feira à agência Lusa que está disponível para voltar a candidatar-se como deputado pelo PS, desvalorizando a questão do seu lugar na lista do círculo de Lisboa.

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, lembra o antigo Presidente da República Mário Soares como 'um grande português' e um dos fundadores da democracia em Portugal. 'É com grande pesar que tomo conhecimento do falecimento de Mário Soares. É costume dizer-se dos grandes políticos que a sua vida se confunde com a do tempo histórico que viveram. No caso de Mário Soares, não será exagerado dizer que é o último quartel do século XX português que se confunde com ele', lê-se numa mensagem de Ferro Rodrigues, divulgada no 'site' do parlamento. Sublinhando que 'Mário Soares foi um Grande Português', o presidente da Assembleia da República recorda a forma como o antigo chefe de Estado lutou pela democracia antes e depois do 25 de Abril.
'Se a nossa geração já fez política em democracia, se as gerações dos meus filhos e netos já cresceram num país livre, democrático e europeu, a ele muito o devemos', lê-se na mensagem, onde Ferro Rodrigues lembra também que Mário Soares, como líder político e deputado à Assembleia Constituinte, foi um dos fundadores da democracia portuguesa, iniciada pelo Movimento das Forças Armadas a 25 de Abril de 1974. O presidente da Assembleia da República fala, ainda, da forma como Mário Soares prestigiou o parlamento e o parlamentarismo como deputado à Assembleia da República e como esteve por detrás de grandes conquistas, como a criação do Serviço Nacional de Saúde, da Concertação Social e da adesão à então Comunidade Económica Europeia, enquanto primeiro-ministro.
'Como Presidente da República, afirmou Portugal e prestigiou o Estado, abrindo a presidência à sociedade e à cultura. O Portugal democrático, europeu e cosmopolita é o país de Mário Soares', é ainda referido na missiva. Na mensagem, Ferro Rodrigues transmite também em nome da Assembleia da República as 'mais sentidas condolências à família e amigos mais próximos' e 'a todo o Partido Socialista'.
Sábado
Lusa 19 de Julho de 2019 às 20:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

"Estou disponível para me candidatar novamente a deputado pelo PS. Sou indiferente ao lugar que ocupar na lista pelo círculo de Lisboa. Isso pouco me importa", declarou o presidente da Assembleia da República.

 

Na direção socialista sempre se considerou como certo que, se o PS vencer as próximas eleições legislativas, sendo Ferro Rodrigues eleito novamente deputado, então o antigo ministro dos governos de António Guterres e líder do PS entre 2002 e 2004 será novamente proposto para o cargo de presidente da Assembleia da República.

 

Questionado pela agência Lusa sobre as razões que o levam a entrar novamente nas listas do PS, o antigo secretário-geral socialista começou por se referir ao seu mandato como presidente da Assembleia da República na presente legislatura.

 

"Como ficou hoje visto, penso que correu muito bem. Felizmente, estou bem de saúde e, por isso, estou disponível para continuar nestas lutas", disse.

 

O presidente da Assembleia da República foi hoje aplaudido de pé por todas as bancadas, da esquerda à direita, após ter agradecido o trabalho dos deputados e "a confiança recíproca" que se foi "ganhando" nos últimos quatro anos.

 

Depois de a sua eleição no início da legislatura ter gerado críticas nas bancadas do PSD e CDS-PP por ter "rompido" com a tradição de o presidente da Assembleia da República ser oriundo do partido mais votado, hoje sociais-democratas e democratas-cristãos juntaram-se ao aplauso de pé a Ferro Rodrigues, que foi iniciado pelos deputados da bancada do PS.

 

"[Quero] agradecer o trabalho conjunto que todos tivemos, a confiança recíproca que fomos ganhando ao longo dos meses", afirmou Ferro Rodrigues, que desejou a todos os deputados - não sabendo quais voltarão na próxima legislatura - as maiores felicidades pessoais e políticas.

 

O presidente da Assembleia da República saudou de forma especial os seus dois 'vices' que já anunciaram que não voltarão ao parlamento: José Matos Correia (PSD) e Teresa Caeiro (CDS-PP).

 

"E está encerrada a sessão", declarou Ferro Rodrigues, pouco depois das 18:00, terminando um plenário que começou pelas 09:00, com uma pausa de pouco mais de uma hora para almoço.

 

Hoje, em entrevista ao Observador, o secretário-geral do PS, António Costa, adiantou que Ferro Rodrigues voltará a ser candidato socialista a deputado. "Sei que Eduardo Ferro Rodrigues está disponível para se recandidatar a deputado [nas listas do PS] à Assembleia da República e que, portanto, continuará a ser deputado", disse.

 

Ver comentários
Saber mais Eduardo Ferro Rodrigues Assembleia da República António Costa eleições Governo
Outras Notícias