Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fitch: Pode ser preciso reforçar fundo de liquidez para as comunidades autónomas em 2013

Agência de notação financeira considera "positivo" o Fundo de Liquidez para as Regiões Autónomas criado pelo governo espanhol.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 27 de Julho de 2012 às 12:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
“A criação do Fundo Autónomo de Liquidez é um exemplo do forte apoio do governo central de Espanha às suas regiões, na medida em que se deparam com desafios de liquidez sem precedentes”, diz a agência de “rating” num relatório citado pelo “Expansión”.

No entanto, a Fitch adverte que a situação orçamental e de liquidez das comunidades autónomas é “extremamente complicada”, existindo o risco real de que não cumpram as metas do défice definidas para 2012.

No entender da agência, citada pelo jornal espanhol, o fundo de liquidez – com uma dotação inicial de 18.000 milhões de euros – constitui uma solução “temporária” para as lacunas de liquidez nas autonomias espanholas.

Segundo a Fitch, as necessidades de refinanciamento destas comunidades, nos próximos seis meses (contando com a dívida adicional para cobrir os défices previstos nos seus programas económicos e financeiros), é de 16.000 milhões de euros, pelo que o montante do fundo de liquidez “será suficiente” para este ano.

Contudo, acrescenta a agência, é bastante provável que a dotação do fundo tenha de ser aumentada em 2012. Isso se houver um grande número de regiões a recorrer ao mesmo. Até ao momento, as regiões de Valência, Catalunha e Murcia já anunciaram que pretendem recorrer ao fundo. No total, estas três regiões precisam de 9.000 milhões de euros até ao final do ano, recorda o “Expansión”.

Espanha tem estado sob forte pressão dos mercados nos últimos tempos devido à especulação de que não bastará recapitalizar a sua banca, actualmente em apuros, sendo necessário o país pedir um resgate integral, que poderá ascender a 300.000 milhões de euros. Itália tem sofrido as mesmas pressões. Hoje, a indicação de que o BCE está a intervir e a comprar dívida soberana destes dois países está a contribuir para aliviar a tensão nos mercados obrigacionistas e accionistas.
Ver comentários
Saber mais Fitch Espanha comunidades autónomas fundo de liquidez
Outras Notícias