União Europeia FMI: Dívida italiana é um dos maiores riscos para a Zona Euro

FMI: Dívida italiana é um dos maiores riscos para a Zona Euro

Itália é apontada pelo FMI como a nação que representa um dos maiores riscos para a Zona Euro tendo em conta o défice. O crescimento da economia europeia pode ser penalizado caso os riscos se materializem, diz o fundo.
FMI: Dívida italiana é um dos maiores riscos para a Zona Euro
Lusa
Negócios 05 de junho de 2019 às 11:47

O Fundo Monetário Internacional (FMI) vê a dívida italiana como um dos grandes riscos que ameaçam a economia da Zona Euro, equiparando-o às tensões comerciais globais e à possibilidade de um Brexit sem acordo, avança a Reuters.

Esta informação consta do relatório que será apresentado pela diretora do fundo, Christine Lagarde (na foto), no próximo dia 13 de junho, numa reunião com os ministros das Finanças europeus. Contudo, os temas principais já foram discutidos esta semana entre representantes da Zona Euro.

Ainda esta quarta-feira, espera-se que a Comissão Europeia anuncie a abertura de um procedimento sancionatório tendo em conta o nível da dívida italiana, que Bruxelas vê como demasiado elevado. As sanções poderão avançar já no próximo mês de agosto, revela ainda a Reuters.

No mesmo documento, o FMI sublinha que vários setores económicos não estão preparados para uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo, com exceção do setor financeiro.

O FMI prevê que a Zona Euro apresente um maior crescimento no final deste ano mas, caso os riscos se materializem, o fundo conta com um período prolongado de baixo crescimento e baixa inflação.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI