Mundo Forbes: Jeff Bezos é o homem mais rico do mundo

Forbes: Jeff Bezos é o homem mais rico do mundo

O norte-americano Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon, foi considerado a pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna avaliada em 112.000 milhões de dólares, de acordo com a classificação da revista Forbes, publicada esta terça-feira. A única fortuna portuguesa na lista é a de Maria Fernanda Amorim, viúva do empresário Américo Amorim.
Forbes: Jeff Bezos é o homem mais rico do mundo
Lusa 06 de março de 2018 às 21:25

Jeffrey Preston Bezos (na foto), de 54 anos, que fundou a gigante do comércio electrónico Amazon, estreou-se no topo da lista, alcançando uma inédita avaliação de 12 algarismos e destronando Bill Gates.

 

Gates, que encabeçou a lista dos mais ricos 18 vezes nos últimos 24 anos, tem uma riqueza avaliada em 90.000 milhões de dólares.

 

Bezos, que no ano passado ocupava a terceira posição, registou ganhos de 39.200 milhões de dólares e relegou o também norte-americano Warren Buffet, com uma fortuna avaliada em 84.000 milhões de dólares, para o terceiro lugar.

 

Na quarta posição está o empresário francês Bernard Arnault, com 72.000 milhões de dólares.

 

O fundador da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, aparece em quinto lugar, e, após uma valorização de 15.000 milhões, tem agora uma fortuna avaliada em 71.000 milhões de dólares.

 

No sexto lugar está Amancio Ortega, empresário e criador do grupo têxtil Inditex, dono da cadeia de venda a retalho Zara.

 

O mexicano Carlos Slim, detentor de um grupo de empresas que inclui a maior companhia telefónica do seu país, ficou em sétimo lugar, com 67.100 milhões de dólares, segundo a revista.

 

A única fortuna portuguesa na lista é a de Maria Fernanda Amorim, viúva do empresário Américo Amorim, que surge avaliada em 5.100 milhões de dólares, cerca de 4.112 milhões de euros.

 

Nos primeiros 100, surgem dois representantes lusófonos: o brasileiro Jorge Paulo Lemann, accionista do grupo cervejeiro Anheuser-Busch InBev, na 29.ª posição, e o sírio radicado no Brasil Joseph Safra, banqueiro, na 36.ª. 

 

A publicação informou que a lista deste ano, na sua 32.ª edição, inclui 2.208 pessoas com uma fortuna superior a mil milhões de dólares, mais 165 do que na lista do ano anterior.

 

Na lista surgem 256 mulheres, um número superior às 227 de 2017.

 

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com uma fortuna de 3.100 milhões de dólares, caiu da posição 544 para a 766, após um ano em que perdeu 400 milhões de dólares.

 

Para elaborar a lista, a Forbes contabiliza o valor das ações e aponta que a subida nos mercados e o aumento das matérias-primas foram factores fundamentais para a criação de mais riqueza no mundo.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado geo@geopress.org 07.03.2018

Entretanto, esta situação poderá mudar! - Roberto Moreno, presidente da Fundação Geolíngua, criou o projeto ENDOECONOMIA - ver no Google esta palavra e esmiúcem-na. A Fundação, em 2002, apresentou este novo modelo de economia ao Hotel Sheraton de Lisboa e ao Ministério da Administração Interna de Portugal e, a toda a Imprensa à portuguesa, tais como a Agência Lusa, RTP, SIC, TVI, TSF, Visão, Expresso, Público, DN, JN, Correio da Manhã, Renascença ... entre outros. Estou à disposição para jornalistas, a sério, e lhes fornecer os Dossiês que estão a ser ignorados e boicotados pelos seus "colegas" - citando-lhe os nomes, e, pelo Sheraton e o governo de Portugal.

comentários mais recentes
geo@geopress.org 07.03.2018

Entretanto, esta situação poderá mudar! - Roberto Moreno, presidente da Fundação Geolíngua, criou o projeto ENDOECONOMIA - ver no Google esta palavra e esmiúcem-na. A Fundação, em 2002, apresentou este novo modelo de economia ao Hotel Sheraton de Lisboa e ao Ministério da Administração Interna de Portugal e, a toda a Imprensa à portuguesa, tais como a Agência Lusa, RTP, SIC, TVI, TSF, Visão, Expresso, Público, DN, JN, Correio da Manhã, Renascença ... entre outros. Estou à disposição para jornalistas, a sério, e lhes fornecer os Dossiês que estão a ser ignorados e boicotados pelos seus "colegas" - citando-lhe os nomes, e, pelo Sheraton e o governo de Portugal.

pub