Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

FPF recorre de sentença no caso Totonegócio

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) voltou à carga no Totonegócio e recorreu da sentença do Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé, que obrigava a instituição a assumir as dívidas dos clubes - neste caso em concreto do Olhanense e Portimonense - no

Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 12 de Setembro de 2006 às 07:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) voltou à carga no Totonegócio e recorreu da sentença do Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé, que obrigava a instituição a assumir as dívidas dos clubes - neste caso em concreto do Olhanense e Portimonense - no âmbito do chamado Totonegócio.

A acção foi patrocinada por Ricardo Sá Fernandes, que recentemente assumiu o lugar de Paulo Lourenço como advogado da FPF neste processo, noticia hoje o Jornal de Negócios.

No recurso apresentado junto do Tribunal Central Administrativo do Sul (TCAS), a instituição liderada por Gilberto Madaíl contesta a decisão do TAF, que deu como provado que a FPF seria responsável pela dívida dos clubes, caso as receitas do Totobola se revelassem insuficientes.

Ver comentários
Outras Notícias