Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

França atinge défice mais alto dos últimos sete anos

O défice orçamental francês atingiu os 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2003, equivalente a 63,4 mil milhões de euros, o valor mais alto dos últimos sete anos, ultrapassando pelo segundo ano consecutivo o limite de 3% imposto por Bruxelas.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 09 de Março de 2004 às 13:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O défice orçamental francês atingiu os 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2003, equivalente a 63,4 mil milhões de euros, o valor mais alto dos últimos sete anos, ultrapassando pelo segundo ano consecutivo o limite de 3% imposto por Bruxelas.

Em 2002, o défice da terceira maior economia da Europa foi de 3,2%. O ano passado o Governo francês desafiou as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC), baixou os impostos sobre o rendimento e aumentou a despesa.

Os números divulgados hoje mostram que a despesa pública aumentou para 54,7% do PIB, o valor mais alto desde 1997. O défice da Segurança Social foi o principal responsável pela deterioração das finanças públicas francesas, ao crescer mais de 129%, para 9,4 mil milhões de euros.

A França e a Alemanha conseguiram, em Novembro, o apoio de alguns países europeus, entre os quais Portugal, para evitar as sanções previstas por ultrapassarem o limite de três por cento de défice. A recessão sentida na Europa tem servido de justificação às duas maiores economias do euro para ignorarem as recomendações de Bruxelas.

A França espera reduzir o défice orçamental para 3,6% do PIB, em 2004, com a ajuda da recuperação económica e consequente aumento das receitas de impostos.

A economia francesa cresceu 0,5%, no último trimestre do ano passado.

Outras Notícias