Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

G-8 condena atentados «bárbaros» contra o «mundo civilizado»

Os atentados «bárbaros» perpetrados hoje de manhã em Londres são «ataques contra todas as nações e o mundo civilizado», lê-se numa declaração conjunta do G8 e dos cinco países convidados à Cimeira de Gleneagles, na Escócia.

Negócios negocios@negocios.pt 07 de Julho de 2005 às 14:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os atentados «bárbaros» perpetrados hoje de manhã em Londres são «ataques contra todas as nações e o mundo civilizado», lê-se numa declaração conjunta do G8 e dos cinco países convidados à Cimeira de Gleneagles, na Escócia.

A declaração conjunta, também subscrita pelos cinco países convidados para a Cimeira do G8 e lida pelo primeiro-ministro britânico, Tony Blair, descreve os atentados como «um ataque, não só contra este país, mas contra todas as nações e a civilização».

«As bombas não enfraquecerão de forma alguma a nossa determinação em defender os nossos valores e derrotar quem nos queira impor o fanatismo e o extremismo», refere o declaração citada pela Bloomberg.

Enquanto o G8 se esforça por libertar o mundo da pobreza e «melhorar a vida humana», os terroristas «só tentam destruir vidas humanas», afirmou Blair, confirmando que os oito países decidiram continuar os trabalhos pelo «interesse de um mundo melhor».

«Nós venceremos e eles (os terroristas) não», disse ainda Blair, que leu a declaração conjunta rodeado pelos líderes do G8 e dos cinco países convidados para a Cimeira de Gleneagles (China, Índia, Brasil, México e África do Sul).

Depois de ler a declaração conjunta do G8, Blair abandonou a reunião e seguiu para a capital britânica, onde coordenará a gestão da crise, apesar de estar previsto o seu regresso ainda hoje à noite a Gleneagles.

O ministro do Interior britânico, Charles Clarke, confirmou hoje na Câmara dos Comuns que ocorreram «quatro explosões» em Londres, três no metro e uma outra num autocarro, que causaram pelo menos dois mortos e mais de cem feridos.

Segundo a Scotland Yard, os atentados de Londres causaram «150 feridos graves», um balanço a que se juntam dois mortos anunciados previamente por fonte oficial.

No entanto, fontes no estrangeiro já referiram que o número de vítimas mortais deverá aumentar significativamente.

Os atentados na capital britânica ocorreram hoje numa «hora de ponta» e quase no momento em que se iniciavam oficialmente os trabalhos do G8 em Gleneagles.

Ver comentários
Outras Notícias