Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Geithner afirma que bancos podem utilizar os lucros para cumprir regras de capital

O secretário do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, afirmou que os bancos do país serão capazes de se adaptar às regras de capital mais exigentes decididas no âmbito de Basileia III reduzindo lucros futuros, em vez de cortarem o crédito e afectarem a retoma da economia.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 22 de Setembro de 2010 às 07:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Geithner afirmou que as novas regras para o sector financeiro, conhecidas como Basileia III, vão exigir aos bancos de todo o mundo que mantenham “substancialmente” mais capital, adiantou num discurso preparado para o Comité de Serviços Financeiros do Congresso, citado pela Bloomberg.

“O sistema financeiros americano está numa posição internacional muito forte para se adaptar às novas regras globais”, garantiu o secretário do Tesouro americano, acrescentando que “para a maior parte, os bancos devem ser capazes de cumprir estes novos requerimentos através dos ganhos futuros, que vão ajudar a proteger a recuperação actualmente em curso”.

Os bancos terão oito anos para se ajustarem às novas regras de capital, que vão centrar a agenda do G20 na reunião de Novembro.

Os reguladores pretendem assim evitar mais choques financeiros, garantindo que os bancos mundiais reservam maiores quantidades de capital para enfrentar crises futuras e diminuir a necessidade de resgates ao sector como aconteceu na crise financeira.

Os requerimentos de liquidez, que pretendem garantir que os bancos podem continuar a conceder financiamento numa crise, terão que ser devidamente calibrados, realçou o mesmo responsável.

Geithner reforçou ainda que os reguladores vão continuar a investigar meios adicionais para proteger a estabilidade financeira.

Ver comentários
Outras Notícias