Emprego Geringonça não foi capaz de baixar precariedade laboral
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

Geringonça não foi capaz de baixar precariedade laboral

O peso dos contratos a termo no conjunto do emprego mantém-se em 22% ao fim de dois anos de governação socialista, com o apoio de Bloco de Esquerda e PCP. Um número que promete aquecer o debate desta tarde no Parlamento.
A carregar o vídeo ...

Os níveis de precariedade do mercado laboral praticamente não mudaram nos últimos dois anos. De acordo com os dados divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no último trimestre de 2017, 22,2% dos )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub