Autarquias Governo avança com apoios às câmaras para esterilização de animais

Governo avança com apoios às câmaras para esterilização de animais

Agora é que é. O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação comprometeu-se a avançar até 15 de Março com os apoios às câmara para esterilização de animais. Governo vai também lançar uma campanha de sensibilização contra o abandono de animais.
Governo avança com apoios às câmaras para esterilização de animais
Luís Costa/Correio da Manhã
Manuel Esteves 04 de março de 2018 às 18:57

O Governo vai avançar até 15 de Março com os apoios financeiros às câmaras para que estas possam avançar com a esterilização dos animais, estejam estes abandonados, adoptados ou residentes em canis municipais. A garantia foi dada na sexta-feira pelo secretário de Estado da Agricultura e Alimentação que, numa audição da comissão parlamentar de Ambiente e poder local, assegurou que o despacho relativo a estas verbas sairá durante a primeira quinzena do mês. 

Luís Medeiros Vieira não revelou valores, mas a intenção inicial do Governo era que o apoio global ascendesse a 800 mil euros visando a realização de 20 mil esterilizações por ano.  

Esta medida é considerada imprescindível pelos activistas para garantir o efectivo cumprimento da Lei 27/2016, que veio proibir os abates nos canis e gatis municipais. As câmaras queixam-se de não ter condições nem meios para atingir este objectivo reclamando apoios do Estado central.

É nesse sentido que surgem as medidas do Governo, divididas em dois eixos. Por um lado, através da atribuição de verbas que ajudem os municípios a financiar as acções de esterilização; e, por outro lado, pelo financiamento da construção e obras de modernização dos Centros de Recolha Oficiais (CRO), o novo nome para os tradicionais canis e gatis.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, citado pela Lusa, existem actualmente 131 câmaras municipais que não possuem Centros de Recolha Oficiais de Animais e que apenas houve 31 candidaturas para obras de melhoramento destes espaços. "Temos 277 câmaras, nestas temos 69 CRO que servem 146 municípios, dos quais 13 intermunicipais e 56 municipais. Temos 131 câmaras sem serviço CRO. Isto segundo dados registados na Direção Geral de Alimentação e Veterinária", disse Luís Medeiros Vieira, em declarações à agência Lusa.

 

Governo lança campanha de sensibilização

 

Luís Medeiros Vieira anunciou ainda, no Parlamento, que o Governo vai lançar uma campanha de sensibilização para o não abandono dos animais de companhia dirigida ao público em geral que irá passar na televisão, nas rádios, além da distribuição de panfletos.

 

Da responsabilidade da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária, a campanha vai ser lançada dia 14 de Março, com a distribuição de 40 mil folhetos contra o abandono dos animais e mensagens positivas, além de outros tantos sobre a esterilização, embora mais direccionados para os consultórios de médicos veterinários.

 

"Trata-se de uma medida que será mais um passo para sensibilizar as pessoas contra o abandono dos animais e os cuidados a ter com os mesmos", disse Luís Medeiros Vieira, citado pela Lusa. Segundo detalhou a agência noticiosa, os panfletos dão vários conselhos aos donos de animais, no que diz respeito, sobretudo, ao não abandono, ao mesmo tempo que apelam ao controlo da reprodução, lembrando que a reprodução sistemática de animais, sem que haja famílias suficientes para acolher os animais nascidos, pode configurar um mau trato.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
free 05.03.2018

A campanha de sensibilização é uma campanha hipócrita patrocinada por parasitas. Cães abandonados é externalidade negativa da indústria, comércio e posse de cães. A única maneira de resolver o problema é obrigando os comerciantes e donos de cães a pagar o prejuízo que causam ao resto da sociedade.

anonimo 05.03.2018

Peço desculpa por ter posto 800 e 500 milhões em vez de 800 e 500 mil.Foi um lapso, mas não motivo para falta de educação de alguém.Continuo a dizer que este país não é para pessoas e as prioridades estão invertidas

Anónimo 05.03.2018

O free o anonimo dos 800 milhões? ó estupido são 800 mil e o general ciresp deviam de ir todos para o matadouro! imbecis há muitos.

free 05.03.2018

Sustentar cães com impostos? Os activistas, o PAN e o Secretário de Estado são clube de parasitas. Se não, pagavam eles o sustento dos cães. A verdadeira campanha de sensibilização devia ser pôr donos e criadores de cães, mas só eles, a pagar impostos para sustento dos cães. Problema resolvido.

ver mais comentários
pub