Segurança Social Governo desiste de agravar TSU a contratos a prazo
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Governo desiste de agravar TSU a contratos a prazo

O Governo desistiu de agravar a factura das empresas que recorrem aos contratos a termo, contribuindo para a precariedade laboral. É uma mudança de 180 graus em relação aos planos iniciais de António Costa, e que foram reiterados por si no Parlamento, no início deste mês.
Governo desiste de agravar TSU a contratos a prazo
Inês Gomes Lourenço

Nem agravamento da taxa social única (TSU) para contratos a prazo, nem uma taxa agravada sobre as empresas com elevados níveis de rotação de pessoal. O Governo vai deixar cair uma das medidas que lhe era cara e vinha sendo

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub