Justiça Governo estuda novas medidas de segurança para espaços de diversão nocturna

Governo estuda novas medidas de segurança para espaços de diversão nocturna

A secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, adiantou este sábado que o Governo está a estudar novas medidas de segurança para todos os espaços de diversão nocturna.
Governo estuda novas medidas de segurança para espaços de diversão nocturna
A secretária de Estado Isabel Oneto revelou que o Governo está a estudar novas medidas de segurança para todos os espaços de diversão nocturna.
Nuno Alfarrobinha
Lusa 24 de fevereiro de 2018 às 18:31

O Governo está a estudar novas medidas de segurança para todos os espaços de diversão nocturna, adiantou este sábado, 24 de Fevereiro, a secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto.

 

O gabinete da Secretaria de Estado está a coordenar um grupo de trabalho para o efeito e que foi criado na sequência das conclusões da avaliação de risco feita pela GNR e PSP em vários estabelecimentos depois dos incidentes na discoteca de Lisboa, Urban Beach, em Dezembro.

 

"Nós já reunimos com a PSP e GNR no sentido de, após a identificação desses estabelecimentos, procurar tomar um conjunto de medidas, não só especificamente olhando as situações em concreto, como também um conjunto de medidas que possam ser transversais e que sejam adoptadas em todas as zonas de diversão nocturna", especificou hoje a governante, em Bragança, à margem das comemorações do dia do Comando Distrital da GNR.

 

A secretária de Estado sublinhou que é este o trabalho que o Ministério da Administração Interna está a desenvolver. Neste momento, foi criado um grupo de trabalho para o efeito, e crê que haverá resultados "para breve", sem se comprometer com prazos.

 

Isabel Oneto lembrou que este trabalho envolve um conjunto de entidades. Além da GNR, PSP e Serviço de Estrangeiro e Fronteiras (SEF), há também o envolvimento das câmaras municipais.

 

"Vamos fazer esse trabalho, esperando que não muito tarde sejam tomadas essas medidas", indicou.

 

Sobre a finalidade deste trabalho, a secretária de Estado vincou que os estabelecimentos em causa "são espaços de diversão e não de conflitualidade e é essa a meta que" o Governo procura e o ministro da Administração Interna pretende com "a criação precisamente desse grupo de trabalho para analisar essas medidas".

 

O jornal Diário de Notícias dá hoje conta de que a PSP e a GNR identificaram 70 estabelecimentos de diversão nocturna problemáticos para a segurança pública em Lisboa, Porto e Albufeira.

 

O levantamento, segundo o jornal, foi feito no âmbito de uma avaliação de risco, a um total de bares e discotecas de todo o país, exigida pelo ministro da Administração Interna, em Dezembro passado, na sequência das agressões junto ao Urban Beach e do homicídio de um segurança no Barrio Latino, ambos em Lisboa.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub