Função Pública Governo vai dar tolerância de ponto no dia da visita do Papa

Governo vai dar tolerância de ponto no dia da visita do Papa

Os funcionários públicos terão tolerância de ponto a 12 de Maio, dia em que o Papa chega a Portugal. Os bispos e as forças de segurança já foram informadas desta decisão, segundo o Correio da Manhã.
Governo vai dar tolerância de ponto no dia da visita do Papa
Reuters
Negócios 25 de abril de 2017 às 18:22

O bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, tinha pedido que o Governo decretasse tolerância de ponto durante a visita do Papa Francisco a Portugal e o Executivo de António Costa deverá mesmo avançar nesse sentido.


De acordo com o Correio da Manhã, a decisão ainda não foi tomada pelo Conselho de Ministros, mas os bispos já foram informados da intenção do Governo de conceder tolerância de ponto à Função Pública no próximo dia 12 de Maio.

 

Segundo o jornal, os responsáveis da igreja preferem não comentar o assunto uma vez que a decisão ainda não é oficial, mas não deixam de manifestar "grande satisfação" por ser dada essa "prenda" aos fiéis. O bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, quando confrontado com essa possibilidade, disse não ter conhecimento de nada, mas referiu que, se tal acontecer, "a Igreja ficará grata por esse gesto de simpatia".

Em declarações à agência Ecclesia, publicadas a 12 de Abril, D. António Marto afirmou que gostaria de ver o Governo conceder tolerância de ponto a 12 de Maio. "Se o Governo quiser ter um gesto de cortesia, quer para com o Papa, quer para com os peregrinos católicos que aqui vêm, fica bem, acho eu. Mas se não o fizer, os peregrinos não deixam de vir", referiu o responsável, adiantando que "o 12 de Maio calha numa sexta-feira, a grande celebração é à noite e, como em todos os 12 de Maio, há gente que vem só à noite, enche o recinto para o terço e a procissão de velas".

 

Quando o Papa Bento XVI visitou Portugal, em 2010, o Governo de José Sócrates também concedeu tolerância de ponto a todos os trabalhadores da Administração Pública no dia 13 de Maio desse ano. António Costa, que era na altura presidente da Câmara de Lisboa, fez o mesmo para os funcionários da autarquia.

    

Governo faz bem em dar tolerância de ponto na visita do Papa?
Não
57%
Sim
43%

Segundo o Correio da Manhã, o Governo já terá também informado as forças de segurança da intenção de decretar tolerância de ponto para 12 de Maio (a segunda sexta-feira do próximo mês), de modo a que a actividade operacional seja desenvolvida no pressuposto de que tanto no dia 12 como no dia 13 Fátima tenha, no recinto e nas restantes artérias da cidade, cerca de um milhão de pessoas.


O Papa Francisco chega às 16h20 à Base Aérea de Monte Real, onde será recebido pelo Presidente da República; desloca-se depois de helicóptero para o Estádio Municipal de Fátima, de onde parte, por volta das 17:40, em papamóvel, para a Capelinha das Aparições. Neste percurso de cerca de cinco quilómetros entre o estádio e o Santuário de Fátima, devem concentrar-se dezenas de milhares de pessoas para saudar o Papa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI