Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo admite devolver dinheiro de tratamentos a ex-fumadores

O Ministério da Saúde admite devolver o valor dos tratamentos a ex-fumadores em detrimento de comparticipar directamente os medicamentos para deixar de fumar, noticia esta quinta-feira o Público.

Negócios 26 de Fevereiro de 2015 às 09:16
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

O Ministério da Saúde admite devolver ao "não-fumador comprovado, ao fim de um período de ausência de consumo" o valor que corresponderia à comparticipação no tratamento, em vez de comparticipar directamente os medicamentos, escreve esta quinta-feira, 26 de Fevereiro, o jornal Público.

 

A ideia foi avançada pelo secretário de Estado adjunto da tutela, Fernando Leal da Costa, no seguimento de uma nova campanha que a Direcção-Geral de Saúde irá lançar esta quinta-feira para sensibilizar a população portuguesa dos riscos do fumo ambiental do tabaco, o fumo passivo.

 

O responsável sublinha que esta medida ainda está em estudo, e relembra que "a eficácia relativa, a longo prazo, destes medicamentos é relativamente baixa se não houver outras medidas de apoio". Por isso, é necessário encontrar "um sistema de comparticipação que premeie a adesão a um programa de desabituação".

 

Recorde-se que no final do ano passado estava em estudo comparticipar estes medicamentos na ordem dos 40%.

 

De acordo com os dados citados pela mesma publicação a percepção dos riscos do ‘fumo passivo’ pelos portugueses é insuficiente. Por ano o tabaco mata cerca de 11 mil pessoas, das quais mil por exposição ao fumo.

Ver comentários
Saber mais Ministério da Saúde Fernando Leal da Costa Saúde
Outras Notícias