Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo e PSD rasgam acordo mas não o Orçamento

A maratona negocial entre Governo e PSD fracassou, sem ferir de morte o Orçamento para 2011. Com um novo patamar mínimo de entendimento para a próxima fase de conversações, Sócrates e Passos têm mais uns dias de reflexão pela frente, nos quais o Conselho de Estado e os mercados se farão ouvir.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 28 de Outubro de 2010 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Governo e PSD mantêm o impasse sobre a aprovação do Orçamento até à véspera da votação parlamentar, agendada para a próxima quarta-feira, depois das inconclusivas negociações bilaterais que duraram cinco dias.
Seguem-se agora seis dias de reflexão, com um Conselho de Estado pelo meio, onde Cavaco Silva deverá fazer um último apelo para o entendimento entre os dois maiores partidos.

Numa comunicação que fechou mais um dia de tensão política com reflexos imediatos nos mercados de capitais - os juros da dívida recuperaram em apenas 60 minutos o que tinham aliviado desde o início da semana -, o PSD anunciou que, tendo em conta a "gravidade excepcional" da situação do País, irá fazer um novo compasso de espera até anunciar o sentido de voto. Até lá, os social-democratas vão aguardar que o Executivo "reconsidere a sua disponibilidade para aceitar as propostas realistas e construtivas que o PSD apresentou".

Veja as razões pelas quais o acordo entre PS e PSD fracassou.







logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias