Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo não descarta hipótese de força da ETA em território nacional

O ministro da Administração Interna defendeu hoje que as autoridades policiais portuguesas não podem descartar a hipótese de a ETA ter uma força em território nacional, porque em matéria de segurança interna trabalha-se com todos os cenários possíveis.

Lusa 12 de Março de 2010 às 17:33
  • Partilhar artigo
  • ...
O ministro da Administração Interna defendeu hoje que as autoridades policiais portuguesas não podem descartar a hipótese de a ETA ter uma força em território nacional, porque em matéria de segurança interna trabalha-se com todos os cenários possíveis.

Rui Pereira falava aos jornalistas, na Assembleia da República, sobre a detenção na quinta feira à noite, no aeroporto de Lisboa, do alegado etarra Andoni Fernandez.

Interrogado sobre a possível existência de uma força da ETA em território português, o ministro da Administração Interna respondeu que, em matéria de segurança interna, há a exigência de se estar sempre "atento a todos os sinais".

"Na acção das polícias, em estreita articulação com as autoridades judiciárias competentes, nunca se descarta qualquer hipótese. Trabalhamos sempre com todos os cenários possíveis para continuarmos atentos aos sinais e a investigar actividades que se desenrolem em território português", disse.

Perante a insistência da Imprensa espanhola na questão da eventual existência de uma força da ETA em Portugal, Rui Pereira alegou que nesta matéria "nunca se pode falar em certezas absolutas sobre presenças ou ausências de elementos com ligações a actividades terroristas".

"Só podemos garantir que todos os serviços e forças de segurança têm instruções muito precisas para perseguirem qualquer actividade terrorista em território nacional", declarou.

Ver comentários
Outras Notícias