Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo rejeita propostas dos sindicatos

"Só nos resta a rua" reagiu a coordenadora da Frente Comum, afirmando que à manifestação de dia 29 pode seguir-se uma greve geral.

  • Partilhar artigo
  • 8
  • ...
O Governo rejeitou as propostas dos sindicatos da Função Pública, que reivindicam aumentos salariais, argumentando que o memorando de entendimento não o permite.

O Governo "recusou todas as propostas da Frente Comum. Disse que quer alterar a avaliação de desempenho mas não disse como", afirmou Ana Avoila, à saída da primeira reunião sobre as negociações anuais da Função Pública.

A coordenadora da Frente Comum, que reivindica um aumento de 47 euros por mês para todos os funcionários, além da subida do subsídio de refeição, afirmou que o Governo "justificou o não a tudo" com as restrições expressas no memorando de entendimento.

Também Bettencourt Picanço, do STE, afirmou que a generalidade das suas propostas, que incluem a subida do subsídio de refeição de 4,27 para 5 euros, foram rejeitadas.

FRENTE COMUM ADMITE GREVE GERAL

"Só nos resta a rua e os locais de trabalho", afirmou Ana Avoila, apelando à participação na manifestação de 29 de Setembro e admitindo uma greve geral.

"Temos que começar a pensar noutras formas de luta que podem chegar à greve geral", afirmou a coordenadora da estrutura afecta à CGTP.

Ver comentários
Saber mais Governo propostas sindicatos
Outras Notícias