Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo tenta travar fuga dos certificados de aforro

O Governo está a tentar travar o fluxo significativo de saídas dos certificados de aforro observadas desde que foram feitas alterações nas taxas de juro em Janeiro, noticiou o "Diário de Notícias" este Domingo.

Negócios negocios@negocios.pt 18 de Maio de 2008 às 23:13
  • Partilhar artigo
  • ...

O Governo está a tentar travar o fluxo significativo de saídas dos certificados de aforro observadas desde que foram feitas alterações nas taxas de juro em Janeiro, noticiou o "Diário de Notícias" este Domingo.

Nas últimas semanas, os detentores deste produto de poupança receberam em casa cartas do Instituto de Gestão de Crédito Público (IGCP) - entidade pública responsável pela emissão e gestão dos stocks de Certificados - a descrever as mudanças efectuadas pelo Governo e a sublinhar as vantagens deste produto face à concorrência.

"Os certificados de aforro da série C caracterizam-se por oferecer taxas de remuneração adequadas e atractivas para um produto sem risco, com garantia de capital e total liquidez", salienta o IGCP numa das cartas a que o DN teve acesso.

"Assim, a remuneração oferecida pelos certificados de aforro da série C não é comparável com produtos financeiros caracterizados por diferentes níveis de risco e com horizontes temporais também diferentes", conclui.

O IGCP destaca ainda que os capitais aplicados na série C podem ser resgatados "a qualquer momento e sem cobrança de qualquer comissão", numa referência ao facto de os produtos bancários para onde está a deslocar-se grande parte dos resgates verificados desde Janeiro - nomeadamente depósitos a prazo - não oferecerem as mesmas condições.

Outras Notícias