Américas Harriet Tubman vai ser o rosto das notas de 20 dólares

Harriet Tubman vai ser o rosto das notas de 20 dólares

Quase um ano depois de anunciar a intenção de colocar Harriet Tubman nas notas de 10 dólares, o Secretário do Tesouro norte-americano, Jacob Lew, muda os planos e decide celebrar o legado da activista colocando o seu retrato nas notas de 20 dólares.
Harriet Tubman vai ser o rosto das notas de 20 dólares
Reuters
Inês F. Alves 20 de abril de 2016 às 19:14

Avança o Político que Jacob Lew vai anunciar esta quarta-feira planos para retirar a figura de Andrew Jackson da face das notas de 20 dólares em favor de Harriet Tubman, uma afro-americana defensora dos direitos dos escravos. Caem por terra os planos para colocar o rosto de activista nas notas de 10 dólares, em substituição de Alexander Hamilton.


Segundo o jornal, Lew – que anunciou no Verão de 2015 que estava a pensar substituir a imagem de Hamilton por a de uma mulher – recuou devido à insistência dos fãs do homem que ajudou a criar o Departamento norte-americano do Tesouro e o sistema financeiro moderno do país, entre eles Ben Bernanke, ex-presidente da Fed.


"Há várias formas de resolver isto (…), não vamos retirar Hamilton do nosso dinheiro", garantiu entretanto Lew ao Político no ano passado, no âmbito da polémica.


É expectável que Jacob Lew anuncie também esta quarta-feira que vão passar a ser incluídas figuras de sufragistas no verso das notas de 10 dólares e que serão incorporadas imagens de defensores dos direitos civis norte-americanos na nota de 5 dólares.

Aqueles que defendem a colocação de uma figura feminina na nota de 10 dólares receiam que a opção pela nota de 20 dólares adie a implementação da medida. Uma fonte citada pela CNN adianta que "a nova nota de 20 dólares será lançada em 2030", na melhor das hipóteses.

No entanto, escreve o Político, fontes próximas do processo dizem que o design das novas notas deve estar pronto em 2020. O Tesouro pode ainda pedir à Reserva Federal, sobre quem recai a decisão final, para acelerar o processo e colocar as notas em circulação assim que possível.

"Quando começámos esta discussão, há quase um ano, não era claro para mim que milhões de americanos me iriam apresentar as suas ideias. Não estamos apenas a falar de uma nota. Estamos a falar sobre a nota de 5 dólares, de 10 dólares e de 20 dólares. Não estamos a discutir sobre uma figura numa nota. Estamos a falar sobre usar a face e o verso de uma nota para contar um conjunto empolgante de histórias", disse Lew à CNBC.

Escreve a CNN que é ainda possível que os futuros secretários do Tesouro revertam a decisão de Jacob Lew. No entanto, caso avance, será a primeira vez em mais de 100 anos que a figura de uma mulher é impressa no papel-moeda norte-americano. 


A última vez foi entre 1891 e 1896, altura em que o rosto de Martha Washington figurava nas nos certificados de 1 dólar, escreve a CNN. O The New York Times recorda ainda os casos de Susan B. Anthony, que lutava pelos direitos das mulheres, e a indígena americana Sacagawea, cujos rostos foram impressos em moedas.




Marketing Automation certified by E-GOI