Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hotéis portugueses facturam 85,9 milhões em Fevereiro

As receitas dos estabelecimentos hoteleiros nacionais ascenderam aos 85,9 milhões de euros em Fevereiro deste ano, um crescimento de 1,7% face ao período homólogo. Os proveitos das dormidas aumentaram em 4,3% em resultados de quase dois milhões de aposent

Paulo Moutinho 11 de Abril de 2007 às 11:38
  • Partilhar artigo
  • ...

As receitas dos estabelecimentos hoteleiros nacionais ascenderam aos 85,9 milhões de euros em Fevereiro deste ano, um crescimento de 1,7% face ao período homólogo. Os proveitos das dormidas aumentaram em 4,3% em resultados de quase dois milhões de aposentos.

De acordo com os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o mês de Fevereiro, a hotelaria "acolheu 703,7 mil hóspedes a que corresponderam cerca de dois milhões de dormidas. Relativamente ao mês homólogo, estes indicadores apresentaram uma evolução positiva, de 3,4% para os hóspedes e 4,6% para as dormidas."

As dormidas dos residentes em Portugal apresentaram um crescimento de 4,5%, correspondendo a 672,8 milhares. Os não residentes originaram 1,3 milhões de dormidas, representando uma variação homóloga positiva de 4,6%.

"Os principais mercados emissores foram o Reino Unido, a Alemanha, os Países Baixos, a Espanha e a França, que totalizaram 71,3% das dormidas dos não residentes", acrescenta o INE, revelando ainda que o Algarve, a Região Autónoma da Madeira e Lisboa foram os destinos de eleição destes turistas.

Este aumento das dormidas nos hotéis nacionais traduziu-se num crescimento de 4,3% das receitas de aposentos, para 54,8 milhões de euros, em Fevereiro. No total, a hotelaria registou 85,9 milhões de euros de proveitos, mais 1,7% do que no mesmo mês do ano passado.

Considerando os dois primeiros meses deste ano, os proveitos totais atingiram 167,7 milhões de euros e os proveitos de aposento 107,1 milhões de euros, o que se traduziu em acréscimos homólogos de 2,8% e 5,5%, respectivamente.

Outras Notícias