18 de junho de 2017 às 18:54
Unidades de queimados de Lisboa, Coimbra e Porto com 11 internados
Unidades de queimados de Lisboa, Coimbra e Porto com 11 internados

Onze feridos estão hospitalizados em unidades de queimados de hospitais de Lisboa, Coimbra e Porto em consequência do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande, informaram fontes hospitalar e governamental.

Segundo confirmou à agência Lusa o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, nas unidades de queimados de hospitais de Lisboa estão internados dois feridos em Santa Maria e um em São José, além de outros sete no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Um bombeiro também deu entrada, na madrugada de domingo, no Hospital da Prelada, no Porto, "com queimaduras na face e nos membros superiores e inferiores", informou fonte oficial da unidade. O ferido, oriundo de Castanheira de Pera, foi assistido no local e transportado para a unidade portuense devidamente estabilizado e apresentava, durante a tarde, "prognóstico reservado".

Seis feridos internados no CHUC estavam em estado grave, disse o presidente da unidade hospitalar, Fernando Regateiro, durante um balanço efetuado ao final da manhã, por ocasião de uma visita do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e do secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado. Dos seis feridos graves, cinco estavam nos cuidados intensivos com ventilação, adiantou a fonte hospitalar.

Dos 45 feridos que deram entrada nas unidades do CHUC, 12 deviam receber tratamento nos serviços de cirurgias plástica, 10 estavam em observação e 16 tinham já obtido alta médica.