Economia INE: PME representavam 99,9% do tecido empresarial português em 2010

INE: PME representavam 99,9% do tecido empresarial português em 2010

Em 2010, o tecido empresarial português era composto, essencialmente, por micro, pequenas e médias empresas com um número médio de dois ou três funcionários. O INE revelou hoje o estudo Empresas em Portugal.
Hugo Paula 29 de junho de 2012 às 13:56
As micro, pequenas e médias empresas (PME) portuguesas representam 99,9% do tecido empresarial português mas são responsáveis por menos de dois terços (60,9%) do volume de negócios do sector empresarial português, segundo os dados divulgados hoje no estudo do Instituto Nacional de Estatística, Empresas em Portugal, para 2010.

A importância das grandes empresas portuguesas não se reflecte no total do grandes empresas que existem. As PME representam 99,9% do tecido empresarial português, que são responsáveis por 60,9% do volume de negócios. Já as grandes empresas, que são 0,1% do total, são responsáveis por 39,4%.

“Estes valores reflectem um sector empresarial composto maioritariamente por PME não financeiras e por empresários em nome individual e trabalhadores independentes”, lê-se no comunicado do estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE), Empresas em Portugal.

Existem então 1.167.811 PME, em Portugal, com um volume de negócios combinado de 220 de mil milhões de euros. Uma realidade muito distinta das 1.153 empresas que são responsáveis por volume de negócios de 181 mil milhões de euros, segundo o INE.

As diferênças entre as grandes empresas e as PME não se ficam por aqui. O grupo de grandes empresas foi o único que cresceu em 2010, aumentando 1,9% em número de unidades empresariais face a 2009, enquanto o total do número de empresas declinou 4,5%.

Grandes empresas empregam 22,4% das pessoas ao serviço de empresas

O número médio de trabalhadores de uma PME era de 2,63 funcionários, mas se excluírmos os empresários em nome individual, o número médio de funcionários das PME constituídas sob a forma jurídica cresce para 8,28 empregados.

Em termos globais, a média de funcionários ao serviço de cada empresa é de 3,39 pessoas e as grandes empresas empregam uma média de 756,11 pessoas.

As grandes empresas só representam 0,1% do total de empresas, mas “empregavam 22,4% do total de pessoas ao serviço" da economia portuguesa, diz o estudo do INE.




Marketing Automation certified by E-GOI