Conjuntura Inflação da Zona Euro manteve-se nos 0,2% em Agosto

Inflação da Zona Euro manteve-se nos 0,2% em Agosto

Na primeira estimativa para a evolução de preços na Zona Euro, o Eurostat aponta para uma estabilização da inflação, em valores positivos, nos 0,2%.
Inflação da Zona Euro manteve-se nos 0,2% em Agosto
Miguel Baltazar/Negócios
Alexandra Machado 31 de agosto de 2016 às 10:25
Os preços na Zona Euro terão subido 0,2% em Agosto, de acordo com a primeira estimativa para a evolução da inflação revelada esta quarta-feira, 31 de Agosto, pelo Eurostat. A inflação não descola e falhou as estimativas dos analistas que, segundo a Bloomberg, apontavam para um valor de 0,3%.

O mesmo valor foi registado pelo Eurostat para Julho, mês em que a Zona Euro apurou uma inflação também de 0,2%. Este foi, assim, o terceiro mês em que a inflação se manteve em valores positivos. Junho tinha sido o primeiro mês a ter inflação positiva, nos 0,1%. Há um ano, a inflação era semelhante, de 0,1%.

Mas ainda assim está longe da meta do BCE de garantir um aumento de preços em torno dos 2%. Nem com novos estímulos lançados pelo BCE os preços têm descolado, o que coloca novamente os olhos na acção que o banco central terá neste final de ano. Até porque também na Alemanha os preços cresceram 0,3% em Agosto, menos que os 0,4% que tinham subido em Julho, conforme antecipado terça-feira pelo instituto oficial de estatísticas da Alemanha.

Os sinais não são, por isso, animadores, até porque o índice de confiança dos empresários e consumidores europeus diminuiu em Agosto, de acordo com os dados divulgados pela Comissão Europeia a 30 de Agosto. O indicador de sentimento económico da Zona Euro diminuiu para 103,5 pontos, o que compara com os 104,5 pontos observados na primeira leitura, mas era antecipado pelos analistas um recuo para 104,1 pontos.
A alimentação, álcool e tabaco é a componente que se espera que tenha a maior subida de preços em Agosto, ainda que os 1,3% estimados de subida seja inferior aos 1,4% de Julho. Os serviços terão registado uma inflação de 1,1%, em comparação com os 1,2% de Julho.

Mas para que a inflação se tenha mantido contribuiu a menor descida nos preços da energia, que em Agosto terão caído 5,7% face aos 6,7% de Julho. 

Os dados finais da inflação de Agosto serão revelados pelo Eurostat a 15 de Setembro.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI