Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inflação no Reino Unido abranda para menos de 2% pela primeira vez desde 2009

A inflação britânica abrandou inesperadamente, em Janeiro, ficando abaixo de 2% pela primeira vez desde Novembro de 2009.

Bloomberg
Negócios 18 de Fevereiro de 2014 às 10:06
  • Partilhar artigo
  • ...

O crescimento dos preços no consumidor no Reino Unido foi de 1,9% em termos homólogos, o que compara com um avanço de 2% em Dezembro, anunciou o instituto de estatística do país.

 

Os economistas consultados pela Bloomberg esperavam que a inflação ficasse inalterada nos 2%. O abrandamento da taxa é explicada pela queda dos preços dos DVD, entradas em museus e bebidas alcoólicas.

 

Em cadeia, ou seja, face a Dezembro de 2013, os preços caíram 0,6%, a maior queda mensal desde Janeiro de 2009. A taxa de inflação anual (a chamada taxa 'core') deslizou para 1,6% contra 1,7%, o que representa o valor mais baixo desde Junho de 2009.

 

As estimativas do BOE apontam para que a inflação permaneça perto do seu objectivo (2%) nos próximos três anos. A inflação no Reino Unido estava acima do limite do Banco de Inglaterra desde Dezembro de 2009. Mas o abrandamento dos preços poderá levar o governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney a manter a taxa de juro de referência no valor mais baixo de sempre (0,5%) por mais tempo para ajudar à recuperação económica.

 

"O regresso ao target vai permitir que o Banco de Inglaterra promova, com renovada confiança, a sua mensagem de que as taxas de juro vão permanecer baixas por um longo período de tempo tendo em conta uma queda no desemprego mais rápida do que o esperado”, disse Sam Hill, economista à Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais Inflação Reino Unido 2% Janeiro
Outras Notícias