Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inglaterra não deverá aumentar juros no próximo ano

A convicção é do ex-ministro das Finanças, Kenneth Clarke, que não acredita que o governador do Banco de Inglaterra decida um aumento das taxas de juro nos próximos 12 meses.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 11 de Novembro de 2009 às 09:43
  • Partilhar artigo
  • ...
A convicção é do ex-ministro das Finanças, Kenneth Clarke, que não acredita que o governador do Banco de Inglaterra decida um aumento das taxas de juro nos próximos 12 meses.

O banco central britânico mantém desde Março a taxa de juro de referência no nível mínimo histórico de 0,5%, num esforço para combater a recessão.

“O Governador do Banco [Mervyn King] vai enfrentar uma decisão absolutamente crucial”, lembrou Clarke, citado pela Bloomberg no dia em que o banco irá divulgar as previsões do crescimento económico e da inflação.

O ex-ministro das Finanças do último Executivo conservador do país, entre 1993 e 1997, mostrou-se ainda convicto que “todas as influências desinflacionárias são tão fortes que as pressões inflacionárias provavelmente não se irão materializar nos próximos dois anos”.

Ver comentários
Outras Notícias