Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Irão diz que petróleo vai chegar aos 200 dólares com sanções da ONU

As sanções da ONU contra o Irão devido ao seu programa nuclear irão fazer disparar o preço do petróleo para 200 dólares por barril, disse o vice-ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros para a Educação e Investigação.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 03 de Agosto de 2006 às 18:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As sanções da ONU contra o Irão devido ao seu programa nuclear irão fazer disparar o preço do petróleo para 200 dólares por barril, disse o vice-ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros para a Educação e Investigação.

«A primeira consequência dessas sanções será sentida nos preços do petróleo, que subirão para 200 dólares por barril», afirmou Manuchehr Mohammadi, que é um dos oito vice-ministros iranianos dos Negócios Estrangeiros.

Mohammadi fez estas declarações em entrevista à televisão estatal venezuelana. «As sanções económicas irão afectá-los antes de nos afectarem a nós», acrescentou o mesmo responsável, citado pela Bloomberg.

O Irão prossegue com o seu programa nuclear, que diz destinar-se à produção de combustível atómico para energia. Os Estados Unidos e outros países acusam o Irão de estar a tentar fabricar uma bomba.

Nos termos de uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, aprovada na segunda-feira, o Irão tem até 31 de Agosto para parar de enriquecer urânio, caso contrário sujeita-se a sanções económicas.

Os mercados internacionais têm estado atentos ao desenrolar deste braço-de-ferro, receando que o Irão – o quarto maior produtor mundial de crude – possa retaliar com um corte da fornecimento de petróleo.

Ver comentários
Outras Notícias