Angola Isabel dos Santos: "Informação falsa" sobre dividendos da Galp visa "tentar denegrir o meu bom nome"

Isabel dos Santos: "Informação falsa" sobre dividendos da Galp visa "tentar denegrir o meu bom nome"

Isabel dos Santos, em entrevista exclusiva ao Negócios, responde às acusações do presidente da Sonangol e diz que os dividendos da Galp foram pagos. Veja o vídeo.
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe 05 de março de 2018 às 12:00

Isabel dos Santos garante que a Sonangol recebeu os dividendos da Galp a que tinha direito e mostra dois documentos que provam esse facto.

 

Refere que a "informação falsa" sobre dividendos da Galp visa "tentar denegrir o meu bom nome" e que a campanha visa "atingir a minha reputação".

Isabel dos Santos classifica como "normal" o facto da Procuradoria-Geral da República de Angola ter aberto um inquérito, na sequência das denúncias à sua gestão da Sonangol feitas pelo actual presidente da petrolífera. 

Na entrevista exclusiva ao Negócios, a empresária angolana diz que Carlos Saturnino "é um mentiroso", revela que vai apresentar uma queixa-crime e que "há uma campanha política forte contra o Governo anterior".

 

Isabel dos Santos considera que "há uma campanha pra derrubar a minha reputação" contra o anterior Governo angolano e diz que "gostaria de continuar a investir em Portugal".

Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar Miguel Baltazar



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Bom nome ? Como ? Não percebi bem essa 05.03.2018

Tens "bom" nome, Isabelinha ?
Olha que essa é para mim uma surpresa de todo o tamanho.
És capaz de ter razão, atendendo a que o meu "Bobby" também tem um lindo nome ...

Anónimo 05.03.2018

O Negócios a dar voz a essa senhora, largando aos poucos afirmações bácoras sobre a Sonangol e as afirmações do seu CEO. Essa senhora, cujo património foi construído à custa do que o seu pai e sua entourage depauperaram dos bens e recursos públicos de Angola, perdeu voz no seu país, tal a vergonha de tantos anos de enriquecimento sem causa conhecida. A CS portuguesa dá-se a estes papeis. Como se essa senhora tivesse algum nível pessoal e profissional para gerir o que quer que seja, que não à custa da prepotência e do clima de terror que seu pai infligiu em Angola e que o sustentou no Poder tantos anos; quase quarenta anos. Tenham vergonha na cara. Vamos vêr como acaba a estória dos dividendos pagos à Amorim Energia e que a Esperaza pelos vistos não entregou à Sonangol. Eles é que dizem. Óh JN: já se preocuparam em saber como vai o processo dos dividendos da Unitel não pagos à PT e que há uns tempos foi falado em toda a imprensa nacional e internacional? Vejam lá se estão preocupados.

Anonimo 05.03.2018

Óh Dono do Burros mete a albarda no animal e "arre burro"

pub