Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ISP recua dois cêntimos a 12 de Maio - jornal i

Três meses depois do aumento da tributação do ISP, o Governo vai rever o imposto, tal como havia prometido. A redução, contudo, não deverá ir além dos dois cêntimos por litro, escreve esta terça-feira o jornal i. Em Fevereiro o aumento havia sido de seis cêntimos.

Cátia Barbosa/Negócios
Negócios jng@negocios.pt 03 de Maio de 2016 às 09:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Depois do aumento do ISP em Fevereiro, que penalizou os combustíveis em seis cêntimos por litro, a primeira revisão trimestral do imposto, então prometida pelo Executivo, vai ocorrer no próximo dia 12 de Maio, escreve o jornal i. 

 

O diário cita declarações do ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, segundo as quais "partindo de um valor-base de referência de 4,5 cêntimos por litro, poderia determinar-se uma alteração de um cêntimo no ISP. Também o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, deu indicações no mesmo sentido. Ora, tendo em conta que, desde Fevereiro, a gasolina já subiu 12 cêntimos e o gasóleo 11, as contas do i apontam para descidas de cerca de dois cêntimos no ISP.

 

O preço médio de referência do litro de gasolina em Portugal é actualmente de 1,45 euros. O do gasóleo está nos 1,168, refere ainda o jornal, que cita dados da Direcção-geral da Energia e Geologia. E indica que se trata de máximos de Agosto do ano passado.

 

O aumento do ISP, recorde-se, foi justificado pelo Executivo pela redução do preço do petróleo nos mercados internacionais, que vinha registando quedas consecutivas. Caso esse valor subisse, então seria possível rever o ISP, garantiu então o Executivo.

 

 

Ver comentários
Saber mais Eduardo Cabrita Rocha Andrade Energia combustíveis ISP
Outras Notícias