Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo estranha "preocupação" de Sócrates com "desvio mais para a direita" do PSD

"Diz Sócrates que o PSD nunca esteve tão à direita. E o seu PS?", questionou o líder comunista, segundo o qual o actual governo socialista "foi mais longe que a direita de Bagão Félix no ataque aos direitos laborais".

Negócios com Lusa 02 de Setembro de 2009 às 12:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, manifestou-se hoje surpreendido com a "preocupação" de José Sócrates com o "desvio mais para a direita do PSD", afirmando que o governo socialista "foi mais longe que a direita de Bagão Félix".

"Diz Sócrates que o PSD nunca esteve tão à direita. E o seu PS?", questionou o líder comunista, durante o discurso de apresentação das candidaturas da CDU às eleições autárquicas de 11 de Outubro, numa cerimónia realizada num hotel de Lisboa, sem lugar a perguntas dos jornalistas.
Num discurso sobre as eleições autárquicas mas com várias referências às legislativas de 27 de Setembro, o secretário-geral do PCP terminou com críticas à entrevista concedida na véspera à RTP pelo secretário-geral do PS , na qual Sócrates declarou que o PSD "nunca esteve tão à direita como agora", sob a presidência de Manuela Ferreira Leite.

Jerónimo de Sousa disse estranhar essas críticas, por entender que o actual governo socialista "foi mais longe que a direita de Bagão Félix (anterior governo PSD/CDS-PP) no ataque aos direitos laborais", com a "alteração para pior do código de trabalho".

O secretário-geral do PCP acusou designadamente o primeiro-ministro de ter assumido uma "ideologia neoliberal no ataque ao mundo do trabalho" e direitos dos trabalhadores, de ter atacado "que nem a direita tradicional os direitos sociais" dos trabalhadores, e de, na reforma da segurança social, ter pedido só "sacrifícios aos trabalhadores, obrigando-os a trabalhar mais tempo e receber menos".

"É Sócrates e este PS que está mais preocupado com o desvio mais para a direita de Manuela Ferreira Leite? É Sócrates, que faz voz grossa para quem trabalha e pia fino perante os poderosos, que quer agora colocar-se à esquerda?", questionou.

Ver comentários
Outras Notícias