Política Jerónimo acredita em "solução razoável" para imposto sobre combustíveis

Jerónimo acredita em "solução razoável" para imposto sobre combustíveis

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou hoje acreditar que é possível chegar a uma convergência no debate orçamental para se adoptar uma "solução razoável" no que respeita ao Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP).  
Lusa 28 de outubro de 2018 às 19:40

Em conferência de imprensa, na sede nacional do PCP, em Lisboa, Jerónimo de Sousa foi questionado sobre a possibilidade de durante o debate do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) na especialidade se propor o fim do adicional sobre o Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) e respondeu: "Essa é uma matéria que está a ser considerada e que acho que pode ser ultrapassada".

 

"Pelo menos, ter em conta que a finalidade da medida, hoje, não tem aplicabilidade séria, fundamentada. Nesse sentido, não é a proposta de rasgar, mas é fazer um ajustamento correto em relação ao preço dos combustíveis, que não tem acontecido", expôs, acrescentando, acreditar, "sinceramente, que é das matérias onde é possível convergir numa solução razoável".

 

Segundo o secretário-geral do PCP, "a proposta pode ser consensualizada em torno desse objectivo de combater o abuso para aquilo que o imposto foi criado".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI