Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

João Jardim obtém vitória histórica na Madeira

As diferenças são residuais e as sondagens divulgadas pela RTP e a SIC, à hora de fecho desta edição, apontavam todas no mesmo sentido: o de uma vitória esmagadora de Alberto João Jardim e do PSD nas eleições regionais que ontem tiveram lugar na Madeira.

Negócios negocios@negocios.pt 07 de Maio de 2007 às 08:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As diferenças são residuais e as sondagens divulgadas pela RTP e a SIC, à hora de fecho desta edição, apontavam todas no mesmo sentido: o de uma vitória esmagadora de Alberto João Jardim e do PSD nas eleições regionais que ontem tiveram lugar na Madeira.

A votação histórica do líder madeirense foi de imediato capitalizado pelo PSD, que pela voz do seu secretário-geral, Miguel Macedo, considerou o resultado como uma "indiscutível derrota" do primeiro-ministro e da sua política. Estas eleições antecipadas, recorde-se, aconteceram depois de Alberto João Jardim ter apresentado a sua demissão do cargo, em protesto contra a nova Lei das Finanças Regionais, aprovada pelo Governo.

A sondagem divulgada pela RTP, realizada pela Universidade Católica, diz que o PSD-Madeira poderá ter até 67% dos votos, enquanto o PS-M terá, no máximo, 17% das preferências. Já a projecção da SIC, da autoria da Eurosondagens, conclui que o PDS-M terá conseguido entre 67,1% a 70,9% dos votos e o PS-M não mais de 14,8%.

Esta vitória poderá, no entanto, ficar manchada pelos fortes níveis de abstenção que, de acordo com as mesmas sondagens, terão rondado os 45%.

Numa primeira reacção, o PS-M optou por retirar mérito a Alberto João Jardim. "Os madeirenses valorizaram mais a questão da Lei das Finanças Regionais do que a escolha de um novo Governo", disse Bernardo Trindade.

O número dois do PS-M e secretário de Estado do Turismo, acrescentou que a solidariedade do PS nacional foi sempre absoluta e desresponsabilizou o Governo por esta derrota.

Ver comentários
Outras Notícias