Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

João Cravinho: Alterações na TSU não foram "bem estudadas"

O antigo ministro das Obras Públicas do Governo de António Guterres mostrou-se surpreendido as alterações à taxa social única. Cravinho não acredita nos benefícios desta medida.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 18 de Setembro de 2012 às 15:15
  • Partilhar artigo
  • 16
  • ...
"O que mais me surpreendeu foi o primeiro-ministro e o ministro das Finanças terem anunciado medidas que parecem não ter sido bem estudadas", disse João Cravinho em declarações aos jornalistas no final da Comissão Parlamentar de inquérito às PPP.

O antigo ministro destacou que as alterações à taxa social única (TSU) geraram "reacções fortíssimas" na sociedade portuguesa e revelou que ficou admirado – "no bom sentido" – "com a explosão de ira popular controlada e civilizadíssima" dos portugueses.

Quanto aos benefícios desta medida, Cravinho considera que "não têm realismo". "Neste momento, é um balão de oxigénio para as empresas", admite. Mas deixa a questão: "Se há restrições ao financiamento das empresas, acha que vão recrutar mais pessoas?"

As alterações à TSU são, para João Cravinho, uma espécie de "Robin dos Bosques ao contrário".

Cravinho sublinhou ainda que os "trabalhadores portugueses não têm problemas de competitividade salarial. Têm um problema de competitividades devido à baixa qualificação técnica e ao baixo valor acrescentado dos produtos que produzem".
Ver comentários
Saber mais João Cravinho TSU taxa social única
Outras Notícias