Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

João Duque: Morte de Ernâni Lopes é uma perda para Portugal

O presidente do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) lamentou a morte do economista Ernâni Lopes, considerando-o uma "mente brilhante", que "infelizmente não foi ouvido pelos actuais governantes" num momento crítico para o país.

Negócios negocios@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 13:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
"É uma perda porque além do que fez tinha claramente capacidades para oferecer ainda mais e as suas últimas reflexões sobre aquilo que Portugal tinha para fazer nos anos vindouros podiam ser inspiradoras para os governantes deste país. Infelizmente não tiveram sequer a mínima intenção de o convocar para o ouvir", disse João Duque em declarações à Lusa.

Segundo João Duque, o economista e antigo ministro das Finanças foi dos poucos homens no país a enfrentar uma crise e a lidar com o FMI, tendo sabido ultrapassar a situação.

"É uma perda para o país", disse, adiantando que o ISEG orgulha-se de ter tido como aluno e professor a figura de Ernâni Lopes.

Para o presidente do ISEG, as reflexões de Ernani Lopes sobre a crise económica e sobre o modelo a seguir para Portugal deveriam ter sido fonte de inspiração para qualquer governo.

Ver comentários
Saber mais ISEG Ernâni Lopes João Duque ex-ministro das Finanças
Mais lidas
Outras Notícias